19 de abr de 2014

Minhas mãos...


Hoje me deparei com as minhas mãos...
Em meio as tarefas difíceis do Mestrado (leituras, debates e aulas), meu olhar passou pelas rugas da minha mão...
É isso mesmo... "elas estão com rugas"...
Parei tudo e, de repente, me dei conta que os anos se passaram.
Que alguns sonhos foram realizados, outros esquecidos e outros transformados!!!!
E os anos se passaram...
E, apesar de não ter aquela "cinturinha" da juventude, a resistência da juventude, a altivez da juventude, estou feliz com o resultado final.
Sou produto dos meus sonhos:
os esquecidos,
os realizados
e os transformados!!!!!